Programa de Intercâmbio HOPE

Um dos objetivos primordiais da HOPE, a Federação Europeia dos Hospitais, é promover a troca de conhecimentos e experiências dentro da União Europeia, e, neste contexto europeu, promover a formação e a aplicação prática de conhecimentos a todos os profissionais da área da saúde. 


Em 1981, no seguimento dos seus objectivos, a HOPE decidiu instituir o Programa de Intercâmbio para Profissionais de saúde. Inicialmente, direccionado para profissionais de saúde do sector hospitalar, o Programa encontra-se agora aberto a todos os profissionais de saúde, existindo mesmo países que aceitam participantes de instituições de saúde fora do meio hospitalar. Este Programa tem como objectivos facilitar a cooperação e a troca de informações sobre as melhores práticas melhorando a compreensão do funcionamento dos cuidados de saúde e dos sistemas hospitalares na EU e nos países vizinhos.

Direccionado para gestores e outros profissionais com responsabilidades nesta área, o "Programa de Intercâmbio HOPE" tem a duração de quatro semanas, durante as quais, os participantes irão desenvolver o seu trabalho nos hospitais e instituições de saúde, devendo para o efeito, ter a experiência profissional adequada, com um mínimo de três anos de prática e com fluência na língua que designada pelo país anfitrião.

As participações dos candidatos e das instituições anfitriãs são organizadas através de distribuição/recepção de informações, da competência dos coordenadores nacionais (candidaturas, programa, informações relevantes, etc.). Essa participação depende das entidades empregadores em concederem uma licença e de custearem as despesas dos seus candidatos no estrangeiro. Às organizações anfitriãs, é também solicitado que providenciem alojamento gratuito e refeições a um preço moderado. 

O coordenador nacional do Programa de Intercâmbio é responsável pela selecção inicial dos candidatos e das organizações anfitriãs no país, e pela fluência linguística dos participantes. Após esta fase, os formulários dos candidatos e das instituições anfitriãs, são enviadas para o gabinete HOPE, que em conjunto com os coordenadores nacionais e tendo presente a oferta existente por parte das instituições anfitriãs, fará a alocação dos participantes seleccionados pelas instituições apropriadas. São efectuadas todas as diligências para que os pedidos dos participantes sejam atendidos, relativamente à colocação, mas a decisão final recai sobre o HOPE.

Após esta decisão por parte do gabinete HOPE, compete aos participantes, após serem informados, contactar a instituição anfitriã, para acordar questões como o alojamento ultimar todos os detalhes relativos ao programa. 

Este é um programa que assenta sobre uma vertente mais prática que académica, sendo por isso necessário aferir as razões que motivaram os participantes a inscreverem-se no Programa, em conjunto com o tema seleccionado para esse ano.

O programa terá a duração de 4 semanas, com início em Maio, seguindo-se uma reunião de avaliação e culminando com um seminário em Junho para os quais estão convidados todos os profissionais do Programa de Intercâmbio. Estes encontros são organizados anualmente pelas delegações nacionais do HOPE, e num país diferente. Para a reunião de avaliação, é pedido aos profissionais que façam uma apresentação onde se transmitam as experiências vividas durante este período no estrangeiro.

No final da formação, as instituições anfitriãs e os participantes têm que entregar um relatório final. No final da formação, todos os participantes receberão um certificado de participação no Programa de Intercâmbio Europeu.

Os coordenadores nacionais são, igualmente, responsáveis pela organização de um programa social para os participantes, o que permitirá a troca de ideias e experiências com outros candidatos no país anfitrião.
 
Para mais alguma informação relativamente a procedimentos de inscrição, por favor contacte o coordenador nacional do seu país (ver Coordenadores Nacionais)

PreviewAttachmentSize
Regulamento475.96 KB