HOPE

FEDERAÇÃO EUROPEIA DOS HOSPITAIS

A Federação Europeia dos Hospitais (HOPE) é uma organização não-governamental sem fins lucrativos, que representa as associações de hospitais e os próprios hospitais públicos ou privados a nível europeu, sejam eles federações de autoridades locais e regionais ou os próprios serviços nacionais de saúde.


FHI
FIH

A HOPE tem sede em Bruxelas, Bélgica e opera sob o Código Civil deste país.

Foi criada em 1966, em Roma, Itália, como Comité Consultivo das Organizações Hospitalares do Mercado Comum. Em 1995 adotou uma nova Constituição e tornou-se numa associação internacional para fins sociais, intitulado Comité Consultivo dos Hospitais da União Europeia e adotando o acrónimo atual HOPE.

Atualmente composta por diversas organizações, oriundas dos Estados-Membros da União Europeia, da Suíça e da República da Sérvia, a HOPE abarca quase 80% dos cuidados hospitalares e está também ativa nos cuidados de saúde primários e no setor social.

Missão
A missão da HOPE é promover a melhoria da saúde dos cidadãos e um padrão da mais elevada qualidade nos cuidados hospitalares pela União Europeia, fomentando a eficiência, eficácia e humanização na organização e nas operações do hospital e dos serviços de saúde.

A HOPE representa os seus membros no palco Europeu através da abordagem a todas as políticas com impacto nos hospitais e serviços de saúde. Contribui para a agenda legislativa mas também em atividades não-legislativas, designadamente, através da participação em projetos e ações conjuntas Europeias.

Desde a sua criação, a HOPE produziu informação comparativa sobre o modo como os sistemas de saúde são organizados e financiados. Inclui ainda um único Programa de intercâmbio anual para profissionais de saúde, “study tours”, “workshops” e conferências.

Cada Membro da HOPE tem um representante no Conselho de Governadores, que é o fórum para todas as principais decisões políticas da HOPE, e um Liaison Officer, que é o representante do membro para todos os assuntos relacionados com a HOPE. O Governador de Portugal é o Presidente da Direção, Carlos Pereira Alves; O Liaison Officer é o Vogal da Direção, Francisco Matoso.

Programa de Intercâmbio HOPE

Um dos objetivos primordiais da HOPE é promover a troca de conhecimentos e experiências dentro da Europa, e, neste contexto europeu, promover a formação e a aplicação prática de conhecimentos a todos os profissionais da área da saúde.

O 39º Programa de Intercâmbio HOPE 2020 irá decorrer entre os dias 10 de maio e 6 de junho de 2021, com o tema “Boas práticas em gestão da saúde baseada na evidência”.

A reunião Europeia de Avaliação e Conferência Final do Programa (Agora) irá decorrer entre os dias 4 e 6 de junho de 2021, em Bruxelas, Bélgica.

Consulte os documentos:
- Calendarização e documentos para a candidatura (P1 e P2)


AVISO

Devido à crise da Covid-19, o Programa de Intercâmbio HOPE 2020 foi adiado para 2021. Solicitar-se-á aos hospitais anfitriões que confirmem se aceitam receber em 2021 os participantes colocados em 2020 (se esses participantes o desejarem ou puderem). Participantes aceites no Programa 2020 não terão de se candidatar de novo e terão prioridade de participação no Programa 2021.

O Programa 2021 em Portugal está dependente da aceitação de participação por parte dos hospitais anfitriões.

Europa


Em 1981, a HOPE decidiu instituir o Programa de Intercâmbio Anual para Profissionais de saúde com o objetivo de facilitar a cooperação e a troca de informações sobre as melhores práticas, melhorando a compreensão do funcionamento dos cuidados de saúde e dos sistemas hospitalares europeus.

Este Programa tem a duração de quatro semanas, durante as quais, os participantes – gestores e outros profissionais com responsabilidades nesta área – irão desenvolver o seu estágio em hospitais e instituições de saúde, sobre a temática definida para aquele ano pela HOPE, devendo para o efeito, ter a experiência profissional adequada, com um mínimo de três anos de prática e fluência na língua designada pelo país anfitrião.

O participante do Programa irá conhecer os processos de gestão da instituição onde irá realizar o seu estágio, sob orientação de um coordenador individual com o qual é elaborado o respetivo programa, assim como conhecer a realidade do sistema de saúde do país, em conjunto com profissionais de saúde de outros países participantes.

O programa termina com uma reunião final de três dias, numa cidade europeia, com todos os participantes.

O Programa é promovido em Portugal pela APDH, através do seu Gabinete HOPE Portugal, em parceria com a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), cujo Coordenador Nacional do programa é o Francisco Matoso.

Veja o filme explicativo do programa HOPE aqui.