A APDH ASSOCIA-SE À CAMPANHA DA OMS “PROTECT. INVEST. TOGETHER”. PARTICIPE!

  • Início
  • Notícias
  • A APDH associa-se à Campanha da OMS “Protect. Invest. Together”. Participe!
A APDH associa-se à Campanha da OMS “Protect. Invest. Together”. Participe!
Geral 2021-03-18
E-NEWS-OMS.png

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou 2021 como o Ano Internacional dos Trabalhadores da Saúde e Cuidadores, para reconhecer a sua “dedicação e sacrifícios” na luta contra a pandemia por COVID-19.

Assim, lançou uma campanha com a duração de um ano, com o tema “Protect. Invest. Together” que assenta em 5 objetivos:

1.    Garantir a prioridade da vacinação dos profissionais de saúde e cuidadores nos primeiros 100 dias de 2021.
2.    Reconhecer e comemorar todos os trabalhadores da Saúde e Cuidadores que perderam as suas vidas durante a pandemia.
3.    Mobilizar o compromisso internacional dos Estados-Membro, Instituições Financeiras e parceiros filantropos para proteger e investir nos trabalhadores da Saúde e Cuidadores e para acelerar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Recuperação pós-Covid-19.
4.    Envolver os Estados Membros e todos os stakeholders relevantes num diálogo sobre um pacto para proteger a saúde e os direitos dos trabalhadores de saúde e cuidadores, e assegurar que o seu trabalho se realiza em condições condignas.
5.    Reunir as comunidades, influenciadores, bem como o apoio político e social em solidariedade, defesa e atenção para os profissionais de saúde e cuidadores.

A APDH associa-se a esta campanha e convida os seus sócios a juntar a sua voz ao apelo internacional da OMS.

Para o efeito, deve enviar para a APDH uma mensagem, em formato vídeo ou áudio, com a sua reflexão, apelo ou homenagem, que incida sobre um dos cinco objetivos da campanha.

O ficheiro deve ter a duração máxima de um minuto e, ser enviado em formato .mp4, para geral@apdh.pt.

Os contributos serão divulgados nos canais de comunicação da APDH, no Dia Mundial da Saúde, a 7 de abril.

Saiba mais sobre o Ano Internacional.

Outras Notícias